Hospital de Amor inaugura novo equipamento de radioterapia

Please enter banners and links.

Momento de muita emoção nesta quinta-feira (20), no Hospital de Amor na capital Porto Velho onde aconteceu a inauguração do novo acelerador linear – aparelho de radioterapia – adquirido através do programa de expansão de radioterapia do Governo Federal, através do Ministério da Saúde. O equipamento que custou dois milhões e setecentos mil reais é o mais moderno e vai diminuir a fila de espera, garantindo um tratamento de qualidade.

A deputada federal Silvia Cristina (PDT), presidente da Frente Parlamentar de luta contra o câncer, falou sobre a importância do novo equipamento. “Estamos muito felizes com essa nova aquisição pois isso apresenta um avanço para nossa saúde, um equipamento de última geração ao acesso da população rondoniense. São 100 aparelhos entregues no Brasil e um deles veio para o nosso Hospital de Amor, em Porto Velho. Eu, enquanto presidente da Frente Parlamentar de luta contra o câncer estou muito feliz em saber que tivemos a oportunidade de vivenciar esse momento de evolução no tratamento dos pacientes com câncer do nosso Estado”, comemorou a deputada que agradeceu também o Governo do Estado, através do governador Marcos Rocha que é sensível a causa de combate ao câncer.

O Diretor Presidente do Hospital de Amor, Henrique Prata, que esteve presente na solenidade, falou sobre a entrega. “Com o aparelho em funcionamento os pacientes que aguardam o procedimento de radioterapia vão esperar bem menos. E essa conquista também se deve às pessoas que ajudam o Hospital de Amor através dos eventos como o Leilão Direito de Viver, que atualmente acontece em cidades de todas as regiões de Rondônia”, acrescentou Prata.

O Ministério da Saúde investiu R$ 2,7 milhões na compra do equipamento por meio do Plano de Expansão da Radioterapia (PERSUS), que permitirá a realização de cerca de 1.300 sessões de radioterapia ao ano, segundo a direção do hospital. O programa tem como objetivo ampliar e criar novos serviços de radioterapia em hospitais. Esses equipamentos possibilitam tratar quase todos os tipos de cânceres e tumores com maior precisão e com menos efeitos colaterais para o paciente.

O Secretário de Atenção Especializada em Saúde, Francisco de Assis Figueiredo, acompanhou a inauguração do equipamento e destacou o papel do hospital no atendimento à população. “Vocês têm feito um trabalho eficiente no cuidado às pessoas com câncer. Continuem contando conosco para cuidar bem da nossa população”, disse.

Os procedimentos de radioterapia realizados no Hospital de Amor representam quase metade de toda a produção do município de Porto Velho, que foi de 39.046 sessões, em 2019. O Hospital de Amor também foi responsável por 81% das cirurgias oncológicas do município. E, na quimioterapia, realizou 74% dos procedimentos da rede municipal de saúde vinculada ao SUS. O Hospital de Amor Amazônia, especializado em oncologia, começou a funcionar em 2017 e atende 100% pelo SUS.

Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *