Governo envia alimentos a 537 estudantes indígenas de 10 escolas em Ji-Paraná

Please enter banners and links.

O Kit Alimentação já foi entregue em outras aldeias no final de junho

A segunda remessa do kit alimentação destinado à população estudantil indígena seguiu na manhã de segunda-feira (20) a mais duas escolas nas aldeias das etnias Arara e Gavião, em Ji-Paraná. Nas dez escolas indígenas, 537 alunos estão sendo beneficiados.

Os estudantes das escolas estaduais Manoel Cachoeira, do povo Arara, e Xinepuabah, do povo Gavião, são os 67 contemplados com os kits encaminhados na segunda-feira.
O alimento é um compromisso do governo estadual, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc), em assistir as comunidades indígenas durante o período de pandemia do novo coronavírus.

A entrega dos kits de alimentação aos estudantes indígenas de Ji-Paraná foi dividida em três etapas. Na primeira remessa, entregue no final de junho, 130 alunos foram beneficiados. A terceira entrega está programada para acontecer no decorrer desta semana encerrando essa atividade.

O kit alimentação segue embalado e protegido. Orientações aos indígenas estão contidas em material impresso dentro de cada pacote. As recomendações tratam sobre os cuidados de higienização com os produtos alimentícios antes do armazenamento nas referentes aldeias, conforme determina o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) e outras instruções da Seduc.

Os carregamentos e as respectivas entregas estão sob a responsabilidade da Coordenadoria Regional de Educação de Ji-Paraná (CRE-Ji-Paraná). Um calendário foi elaborado para atender às dez escolas indígenas garantindo a entrega dos produtos.

Os alunos não índios já receberam o benefício do governo por meio do Cartão Alimentação em todos os municípios rondonienses. O cartão, no valor de R$75,00, foi entregue ao responsável do estudante na própria escola onde ele está matriculado.

Os alimentos são dirigidos aos estudantes que vivem nas aldeias

As famílias destas crianças receberam o cartão no semestre passado. O uso do benefício é exclusivo em alimentos e pode ser adquirido em qualquer rede de supermercado credenciado pela Seduc.

“Aos indígenas, o alimento já está sendo entregue pela própria Coordenadoria de Educação. Organizamos uma logística capaz de atender a todos os alunos cumprindo a determinação do governador Marcos Rocha, por meio do secretário Suamy Vivecananda”, explica a coordenadora de educação em Ji-Paraná, professora Rosângela Marun.

Tem direito ao kit alimentação, o indígena em idade escolar matriculado em qualquer unidade de ensino estadual.

Paulo Sérgio/Secom

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *